23 de jul de 2013

Retorno

O blog voltará a ser atualizado, Se tiver alguma sugestão mande para : armadocompalavras@gmail.com

16 de nov de 2009

Diferenças consideráveis- visão feminina

Estava dando uma lida em alguns sites, quando de repente encontro esse da "Mila" onde justamente ( não sei se foi ela que escreveu ou é mais um desses textos que navegam anônimo na internet) fala sobre essa diferença, e, talvez, com uma visão feminina de fato, o que é importante ressaltar. A visão feminina diferenciando e praticamente definindo bem o "novo cafajeste"
pluralizando seu conceito e chegando bem perto daquele tipo da primeira postagem: o que você odeia amar!


Diferença entre canalha e cafajeste ( sem correções gramaticais do texto original e observações em negrito feitas por mim)

Muitas mulheres confundem um homem canalha com um homem cafajeste . Por isso resolvi colocar uma lista de diferenças entre os dois seres:

1-) O canalha transa com uma garota e sai contando pra todos os seus amigos pra tirar vantagem e descarta ela da sua lista.
O cafajeste transa, conta só pra seus amigos mais chegados, mas mantém contato com a garota. Afinal ele pode precisar dos seus favores quando tiver na seca.

Obs: É um ponto importante! Sair por ai contando o que você faz e o que deixa de fazer é um erro fatal. O canalha faz isso, é típico dele fazer isso. Contar para as pessoas mais intimas é comum, é questão de conversa mesmo e até, um pedido de opinião(alguns casos)

2-) O canalha sai beijando todas que ve pela frente na balada. É muito legal ficar disputando com os amigos quem beija mais (afinal seu cérebro parou de se desenvolver aos 14 anos de idade).
O cafajeste escolhe uma só, a mais interessante. Fica com ela a noite toda, troca até contatos, por que se não sair do lugar pra transar com ela, vai transar num outro dia.

Obs: Outra distinção interessante! O canalha se preocupa com o número, e em aparecer para os amigos em sua coleção de beijos sem rostos e sem nomes. O cafajeste vai sempre preparando o bote, o certo, o abatedor. Prepara de forma que a mulher não vai escapar, caso escape, ele não vai se importar, ficar chateado ou coisa do tipo. O cafajeste uma vez que deixa escapar uma mulher por entre seus dedos, aprende com isso e fecha mais ainda a mão na próxima investida

3-) O canalha não sabe tratar bem uma mulher. É grosso, mal-educado, destrata pessoas humildes ou empregados como prova de superioridade.
O cafajeste sabe quando e que intensidade agradar. Compra chocolate, bichinhos-bonitinhos-de-pelúcia e leva a restaurantes finos, com o único objetivo de fazer a mulher se sentir valorizada e assim alcançar seu objetivo… sexo.

Obs: A parte do canalha se repete nessa parte. O cara que não presta, só que com caracterizações mais específicas.
Por outro lado a definição de cafajeste aqui se esvai um pouco, esse tipo de homem que faz as coisas por sexo, sem medi-las, sem pesar o "custo/beneficio" não se encaixa tão bem no "novo cafajeste". Ele não faz todas essas estripulias por sexo. Ou ele não vai fazer nada disso, isto é, deixar a mulher de lado, ou caso faça, fará por que realmente gosta da mulher em questão.

4-) O canalha é burro. Seu senso crítico limita-se a análise do gol mais bonito da semana ou de qual a mais gostosa do Big Brother.
O cafajeste sabe se virar em qualquer assunto, se é necessário discutir sobre a moda da estação na frente de mulheres ele vira um estilista, se a garota é fã de Chopin ele se torna um frequentador de concertos, etc

Obs: Mais um vez o canalha aparece rebaixado perante o cafajeste. Subvertendo um conceito e menosprezando um tipo que normalmente era confundido. Não passa, novamente, de caracterizações. Agora, repetindo, aparece o cafajeste em mais uma de suas facetas: versatilidade! Alguns tem que realmente fazer malabares para conseguir manter-se conversando com uma mulher, é difícil conseguir dialogar com tipos tão diferentes de mulheres, das mais variadas formações acadêmicas e/ou níveis intelectuais. E isto, ele consegue bem.

5-) O canalha adora aparecer. Estufa o peito na frente das mulheres, faz piadas prontas, é o amigão de todo mundo e só sabe contar vantagem.
O cafajeste não precisa de auto-promoção, o boca a boca é feito pelas próprias pessoas que estão ao seu redor. Ele se adapta ao ambiente mudando sua personalidade de acordo com a ocasião.
Ou seja, um é pavão o outro camaleão.

Obs: Repetições dos conceitos...

6-) O canalha mente.
O cafajeste omite.

Obs: Importante distinção. Mentir e omitir são coisas muito diferentes e que as mulheres tem muitas dificuldades de discernir. Os homens em geral, não só os cafajestes, omitem. Faz parte de sua natureza, eles fazem e sabem muito bem(existem casos e casos é claro) essa parte de omissão. Enquanto o canalha mente, geralmente, na quantidade de mulheres, ou até mesmo se realmente teve algum caso com alguém na balada anterior.

7-) O canalha não sabe elogiar (ou xavecar, como se diz em sampa). Quando o faz é tão ruim que se torna uma cantada de pião, “uau, que gata!”, “que delicia”, “o la em casa”.
O cafajeste sabe elogiar os pontos-chaves da mulher, “nossa, lindo o seu cabelo”, “que sorriso”, “você emagreceu?”.

Obs: Desenvolvimentos naturais...

8 -) O canalha não sabe cuidar de mais de uma mulher. Acaba confundindo nomes, esquece de ligar pra uma, dá mais atenção pra outra, deixa pistas, etc.
O cafajeste sabe tratar todas por igual, quando não está afim de sair com uma ele liga ou manda um sms “bonitinho” pra não perder contato. E mesmo que a mulher saiba que ele é um cafajeste, ele a faz crer que é especial e que pode rolar algo sério.

Obs: distinções no modo de agir. Perceptível a diferença de atitudes de um e outro. São pessoas quase que opostas.

9-) O canalha deixa pista. Seu scrapbook é lotado de recadinhos de mulheres, no subtitle do seu msn ele cita nomes de mulheres, seu celular está cheio de mensagens comprometedoras e sua mãe sempre entrega o jogo (”o x saiu com uma amiga”).
O cafajeste apaga todas as pistas, seu scrapbook é apagado diariamente, o msn tem nicks abrangentes que podem ser adaptados pra qualquer uma (”Que saudades de você”), o celular nunca tem mensagens, e sua mãe é grande aliada pois ele sempre diz pra ela que foi na casa de um amigo.

Obs: Mais uma vez, diferenças importantes no modo de agir que configuram separação dos seres.

10-) Canalha é substantivo… cafajeste adjetivo.

Obs: Não necessariamente, prefiro utilizar um critério de oposição direta. Verdadeiros antônimos mesmo. e não uma simples mudança de categoria de classificação de palavras que não faz a real distinção entre esses dois seres.


Essa texto foi importante para elucidar aqueles ainda perdido em alguma ideia que não tenha ficado clara. Homens são divididos normalmente em "Macho Beta" e "Macho Alfa". Dentro de "Macho beta" existem alguns tipos clássicos de fracassados( que futuramente pode ser listados aqui nesse blog) e dentro do "Macho Alfa"(sempre visto como o grande sucesso entre as mulheres) existem alguns tipos também característicos( podemos dizer que "canalhas" e "cafajestes" integram essa subdivisão).
Por fim, no próximo texto, tentarei colocar uma idéia pratica(verídica) que ocorrera comigo ou não(farei essa distinção)

Abraços!!!

Estou armado...com as palavras!!!




15 de nov de 2009

O novo cafajeste

Quando você ouve a palavra "cafajeste" o que lhe ocorre de imediato? Caso seja uma mulher lendo esse texto, talvez você pense que um homem sendo chamado dessa forma é aquele cara sem nenhum escrúpulo que faz de tudo para conseguir o que quer, geralmente convergindo em SEXO. Há também aquelas que pensam que um "cafajeste" utiliza-se de alguns artifícios baixos para conseguir outras coisas, como dinheiro por exemplo. Aquele que pega todas, que só vive na "putaria", que não liga para os sentimentos alheios, também sem enquadra nessa definição de homem.
Vejamos então a definição de "cafajeste" segundo o dicionário online "Priberan":

cafajeste
s. m.
1. Bras. Homem de ínfima ou ruim condição.
2. Indivíduo inútil.
3. O que, na gíria escolar coimbrã, se chama futrica.


Parece-nos que nenhuma dessa definição é suficiente para condizer com a fama que essa palavra tem e toda sua versátil contextualização. Então, permito-me a expressar que a pluralização semântica dessa palavra eleva o ser "cafajeste" a patamares indefinidos.
Importante estabelecer uma diferença feita pelos por aqueles que se julgam "cafajeste" que é a separação total do "canalha" que segundo o mesmo dicionário, define:

canalha
s. f.
1. Ralé, ínfima plebe.
2. Crianças pequenas.
s. m.
3. Patife.


Mais uma vez a definição não é suficiente, mas em termos práticos o canalha não "trabalha" de forma parecida com o "cafajeste". Ele(Canalha) é um sujeito, muita das vezes, considerado, vil, velhaco e mau caráter. O canalha é abominável, não sabe tratar uma mulher, de maneira geral, não sabe tratar ninguém bem.

Qual é então o propósito do "Novo Cafajeste"? Acredito que o propósito é subdividir, ou melhor, colocar essa idéia em camadas, por que não existe só um tipo. O tipo que se destaca é o que eu tentarei defender, pois ele está, com certeza, em um patamar diferente dos outros.

Então, para finalizar esse primeiro texto, garanto que existe um tipo de "cafajeste" que as mulheres amam e odeiam, ou odeiam amar ou até, amam odiar. Esse é o que eu tento ser, é esse que eu defendo. O NOVO CAFAJESTE!